terça-feira, 20 de outubro de 2009

A jornada das cem mil léguas.

Falar da própria vida às vezes é difícil, principalmente se você habita um mundo chamado Medúnia, mundo misterioso a qual um extinto punhado de heróis as quais o conheceram por completo se tornam lendas, mundo onde cinco figuras de diferentes personalidades partilham um destino, isso por que eram na essência como irmãos.
Julius Forrest, um jovem criado numa grande metrópole de élfos que são criaturas extremamente serenas, élfos vivem séculos, possuem orelhas pontudas, seus rostos são sempre lisos e sem barbas, sempre belos, educados e espirituais. Jullius sendo um humano, nunca teve o respeito que todos os élfos tinham, mas apesar disso, queria seguir os passos dos seus pais adotivos élfos e se tornar um druida, contudo, seu maior sonho era contemplar a existência do maior mito de seu reino.
“A árvore Alfa”!
A mãe de todas. Diz à lenda que suas folhas são mágicas, cada uma possui uma propriedade mágica diferente, mágica que só pode ser compreendida por druidas. Porém, para ser um druida você tem de possuir uma beleza comparada ao da mãe natureza. Geralmente essa beleza é comum entre élfos, Jullius não é um élfo, nem menos belo, mas mesmo assim acreditava que um dia a vida seria gentil para com ele.
Seus cabelos castanhos estão sempre mal penteados e por isso usa uma faixa marrom para segurá-los, seu porte físico é médio e sua pele é branca. Jullius não parece vaidoso, costuma se esforçar para que sua beleza interior compense o fato de ser um humano entre os belos élfos.
Billy Jack II um jovem aldaz que se torna órfão muito jovem, seu maior e único sonho é encontrar seu pai que não retornou com o remédio pelo qual saiu pelo mundo para procurar, sua mãe precisava dele para tratar uma doença degenerativa. Acredita-se que o pai de Billy fora um dos heróis mais famosos dos doze mares, Billy se orgulhava muito disso e por isso desejava ser um espelho de seu pai.
Billy é loiro com cabelos lisos irregulares até o queixo, pele branca, um jovem forte que parece se familiarizar com a arte do combate corpo a corpo, sua arma predileta é a espada bastarda, muitos que não acreditam na lenda de seu pai o zombam pela preferência dessa arma, “Bastarda”. Costuma usar uma encardida bandana azul e o tapa olho que Billy Jack lhe deu quando bebê. É conhecido por fazer as coisas da forma mais simples possível, por ser ignorante, arisco e mal educado.
Logus Thunderbird, um jovenzinho treinado na Escola de Magia em Espiral, seu sonho como de todos os de linhagem mágica é ser um grande e sábio mago, possuir uma longa barba branca, maior símbolo de sabedoria e respeito entre os magos, porém um meio-élfo como ele não podia ter barbas longas, apenas pelinhos ralos. Meio-élfos nascem da união de humanos e élfos. Ele também desejava criar suas próprias magias e conhecer os maiores segredos do mundo, um deles está escondido no topo da Escola de Magia em Espiral, onde os mais elevados conseguem chegar.
É conhecido por ser um dos mais talentosos alunos da academia, pois aprende, memoriza e ensina com extrema facilidade, de modo simples e objetivo. A magia parecia estar em seu sangue e por isso era ignorado pela maioria dos alunos.
Foi deixado quando bebê em frente ao templo divino de Vanir&Ivanir. Um grande império do continente ocidental, um dos maiores dessas terras.
Seus cabelos negros e lisos são cortados de maneira que não atrapalhe na execução de magias e na leitura de livros, raspado pelas orelhas e cortado de forma que não cause nenhum desvio de atenção, seus olhos cinzas claros são puxados por causa de sua meia descendência élfica.
Nosso próximo amigo vive em Flórem, império dos élfos, élfo sangue puro, era ágil e hábil com o arco e a flecha! Seu nome é Ceruliam Lorene. Dono de uma vida dedicada a vingar a morte de seus pais, mas nunca conseguiu ao menos saber quem os matou ou por que. Odeia de todo coração a magia, pois seus pais foram assassinados por ela quando criança, foram encontrados carbonizados e sua casa não possuía um vestígio se quer de incêndio, isso não é característica de fogo como conheciam. Sempre busca o meio anti-mágico de resolver as coisas mesmo sendo do modo mais difícil.
Seus cabelos são negros lisos e longos até o fim a cintura, sua pele é branca e seus olhos são verde-claros, seu corpo é esguio, passa a impressão de agilidade. Tem boa fama entre os élfos, ele era chamado de "O solene", por que possuía muito talento e coração pra ser um grande herói!
E nosso último companheiro se chama Cheddar Longsword. Esse sempre teve a vida longe de catástrofes ou dificuldades, vive com os pais em Vanir&Ivanir. É descendente da linhagem do grande herói ferreiro a qual inventou a arma na qual se chama pelo nome de espada.
Seu sonho na verdade, era fútil para a minoria, se tornar rico e famoso, mas a linhagem de sua família era muito mais importante, ele precisa provar que tem sangue de herói para dar continuidade a geração dos Longsword, mas Cheddar não tem talento para isso, não é tão hábil com a espada e nem tem sabedoria para usar magia.
Cursa a academia de combate de Brad Dragonheart em Vanir, pois em sua concepção de heroísmo, um herói bom é um herói que sobrevive para contar vantagem. Lá ele tentava aprender algo sobre manter-se vivo armado.
Seus cabelos são castanhos encaracolados e bem cortados, seus olhos são de cor de mel, era de estatura média, pele branca; apenas um garoto comum com seus problemas.
Todos são jovens muito diferentes que e procuram uma coisa em comum. Se tornarem heróis para terem condições de realizar seus sonhos aparentemente impossíveis. E nesses tempos, não há oportunidade melhor para isso do que em Vanir&Ivanir, um dos principais impérios do norte do continente ocidental onde acontece um tradicional torneio formador de heróis. Esse torneio é muito famoso por ter coroado grandes nomes, lendas que possuem estátuas em suas homenagens em todos os impérios do grande continente ocidental.
Um torneio que acontece apenas de cem a cem anos, ele é de espantoso tamanho, vários aventureiros e sonhadores se acumulam em Vanir&Ivanir onde o torneio tem origem. É nesse torneio que nossa história começa, onde a vida de cinco jovens se une por aquilo que os unem, sonhos impossíveis de se realizar!
Nossa história começa em um império de proporções inacreditáveis.
Jullius Forrest, um humano humilde com roupas de élfo características de Flórem. Vestido com capas verdes que cobriam uma ordinária e surrada camisa de couro marrom, caminha até os portões de Vanir&Ivanir e olha em diante, se deslumbrando com a cidade ele sussurra para si o que pode ser considerado as primeiras palavras de uma grande história de descobertas e de sacrifícios pelo que realmente tem valor:
- Aqui começa minha jornada, aqui começa minha vida.

4 comentários:

  1. Adorei! Dá vontade de ler mais e mais! Muito bom início de história! Espero poder ler a história completa o mais breve possível! :-)

    ResponderExcluir
  2. Curti a intro, como vai ser postado a história?

    ResponderExcluir
  3. Gosto MUITO do teu jeito de escrever, você é bem
    detalhista, coisa que eu AMO, dá pra ver os lugares, os personagens e as ações, tudo bem real quando a gente lê :) Eu achei muito interessante a escolha de época, o mundo, as características é tudo muuito legal e faz prender a tenção. E por fim, como eu já tive o privilégio de ler outras partes, sempre trazem lições para refletir. Eu já sou FÃ ! Você ta de parabéns Math, está EXCELENTE, quero poder ter a coleção toda depois viu? Um beijão !

    ResponderExcluir
  4. MEC, isso tá de mais cara..parabéns mesmo. Deus te abençoe mais e mais cara. Espero que as pessoas-alvo desta obra sejam impactadas com JEsus e sua palavra comntidas nela..parabéns.

    ResponderExcluir